terça-feira, 30 de dezembro de 2008

Os 100 domínios mais antigos da internet

Não vou escrever nada sobre isso! O interessante é visitá-los. Então.. vai ai a lista:

1. symbolics.com: 15 de março de 1985
2. bbn.com: 24 de abril de 1985
3. think.com: 24 de maio 1985
4. mcc.com: 11 de julho de 1985
5. dec.com: 30 de setembro de 1985
6. northrop.com: 7 de novembro de 1985
7. xerox.com: 9 de janeiro de 1986
8. sri.com: 17 de janeiro de 1986
9. hp.com: 3 de março de 1986
10. bellcore.com: 5 de março de 1986
11. ibm.com: 19 de março de 1986
12. sun.com: 19 de março de 1986
13. intel.com: 25 de março de 1986
14. ti.com: 25 de março de 1986
15. att.com: 25 de abril de 1986
16. gmr.com: 8 de maio de 1986
17. tek.com: 8 de maio de 1986
18. fmc.com: 10 de julho de 1986
19. ub.com: 10 de julho de 1986
20. bell-atl.com: 5 de agosto de 1986
21. ge.com: 5 de agosto de 1986
22. grebyn.com: 5 de agosto de 1986
23. isc.com: 5 de agosto de 1986
24. nsc.com: 5 de agosto de 1986
25. stargate.com: 5 de agosto de 1986
26. boeing.com: 2 de setembro de 1986
27. itcorp.com: 18 de setembro de 1986
28. siemens.com: 19 de setembro de 1986
29. pyramid.com: 18 de outubro de 1986
30. alphacdc.com: 27 de outubro de 1986
31. bdm.com: 27 de outubro de 1986
32. fluke.com: 27 de outubro de 1986
33. inmet.com: 27 de outubro de 1986
34. kesmai.com: 27 de outubro de 1986
35. mentor.com: 27 de outubro de 1986
36. nec.com: 27 de outubro de 1986
37. ray.com: 27 de outubro de 1986
38. rosemount.com: 27 de outubro de 1986
39. vortex.com: 27 de outubro de 1986
40. alcoa.com: 5 de novembro de 1986
41. gte.com: 5 de novembro de 1986
42. adobe.com: 17 de novembro de 1986
43. amd.com: 17 de novembro de 1986
44. das.com: 17 de novembro de 1986
45. data-io.com: 17 de novembro de 1986
46. octopus.com: 17 de novembro de 1986
47. portal.com: 17 de novembro de 1986
48. teltone.com: 17 de novembro de 1986
49. 3com.com: 11 de dezembro de 1986
50. amdahl.com: 11 de dezembro de 1986
51. ccur.com: 11 de dezembro de 1986
52. ci.com: 11 de dezembro de 1986
53. convergent.com: 11 de dezembro de 1986
54. dg.com: 11 de dezembro de 1986
55. peregrine.com: 11 de dezembro de 1986
56. quad.com: 11 de dezembro de 1986
57. sq.com: 11 de dezembro de 1986
58. tandy.com: 11 de dezembro de 1986
59. tti.com: 11 de dezembro de 1986
60. unisys.com: 11 de dezembro de 1986
61. cgi.com: 19 de janeiro de 1987
62. cts.com: 19 de janeiro de 1987
63. spdcc.com: 19 de janeiro de 1987
64. apple.com: 19 de fevereiro de 1987
65. nma.com: 4 de março de 1987
66. prime.com: 4 de março de 1987
67. philips.com: 4 de abril de 1987
68. datacube.com: 23 de abril de 1987
69. kai.com: 23 de abril de 1987
70. tic.com: 23 de abril de 1987
71. vine.com: 23 de abril de 1987
72. ncr.com: 30 de abril de 1987
73. cisco.com: 14 de maio de 1987
74. rdl.com: 14 de maio de 1987
75. slb.com: 20 de maio de 1987
76. parcplace.com: 27 de maio de 1987
77. utc.com: 27 de maio de 1987
78. ide.com: 26 de junho de 1987
79. trw.com: 9 de julho de 1987
80. unipress.com: 13 de julho de 1987
81. dupont.com: 27 de julho de 1987
82. lockheed.com: 27 de julho de 1987
83. rosetta.com: 28 de julho de 1987
84. toad.com: 18 de agosto de 1987
85. quick.com: 31 de agosto de 1987
86. allied.com: 3 de setembro de 1987
87. dsc.com: 3 de setembro de 1987
88. sco.com: 3 de setembro de 1987
89. gene.com: 22 de setembro de 1987
90. kccs.com: 22 de setembro de 1987
91. spectra.com: 22 de setembro de 1987
92. wlk.com: 22 de setembro de 1987
93. mentat.com: 30 de setembro de 1987
94. wyse.com: 14 de outubro de 1987
95. cfg.com: 2 de novembro de 1987
96. marble.com: 9 de novembro de 1987
97. cayman.com: 16 de novembro de 1987
98. entity.com: 16 de novembro de 1987
99. ksr.com: 24 de novembro de 1987
100. nynexst.com: 30 de novembro de 1987

Primeiro Contato: A raposa de fogo

Mais um dia fatídico em Windolândia, Bill é despertado por luzes fortes do seu quarto e um estrondo irrompendo na porta:

“Acorde Felizzzz….. acaba de chegar o novo Ynternet Sexplorer 8 - Com várias novidades - Mais Velocidade, Mais Facilidades, Mais Barato. E agora exibindo certinho o smile do ACID3!!! - Era tudo o que você queria…. o SMILE DO ACID3!!!! Isso sim é navegador! Adquira já o seu!”

Se põe sentado na cama e se sente pesado, cansado, como se tivesse passado toda a madrugada acordado, procurando alguma ferramenta visual para gerar bons relatórios em PHP. Ele se levanta, vai ao banheiro e começa a mesma rotina de sempre.


Eles se completam.

Bill é um proprierráqueo. Proprierráqueo é o gentílico de um planeta denominado Proprieterra. Neste planeta todas as coisas giram em torno do software, em geral, proprietário. Bill trabalha sempre com produtos e pessoas financiadas por este modelo, no entanto, sempre se pergunta: “Por que?” “Por que é assim?”. Sem grandiosas respostas para suas perguntas, ele simplesmente se acomoda, como a maioria dos proprierráqueos e ali continua…. sem muito o que fazer acerca da questão.

Então.. antes de se sentar em frente ao computador para começar o dia, se toca sobre o som que irrompeu em sua porta a alguns instantes. “Saiu o novo Ynternet Sexplorer!”, O vulgo, YES!!!(não se enganem - esse foi um péssimo trocadilho com IE) Bill volta correndo a porta e observa o anúncio em papel deixado debaixo do seu tapete de camurça com dizeres ‘welcome new user!’. Abaixa-se, pega o anúncio e repara principalmente na qualidade da apresentação do documento - “Uau! Realmente foi feito em um laboratório de usabilidade”. Impresso no topo da página: Amarelo, Verde, Azul e Vermelho, cores em uma bandeira que muitos insistem em chamar de ‘janela’, Bill no entanto sabe reconhecer uma bandeira quando vê uma.

Ele, se preocupa tanto com o anúncio pois sabe que, provavelmente, o YES seja a ferramenta que ele mais usa no trabalho e fora dele. Na verdade, ele nunca conheceu até o presente momento nada além do YES, se forçar a memória, lhe ocorrem flashes de um tal Natscapa, Nãotscap, Notscape…. NetScap é isso! Mas realmente ele não se lembra bem do quanto, nos primórdios, era bom esse navegador. Bill resolve conhecer melhor o novo YES e por isso começa a ponderar seus novos recursos:

“Bem.. vamos lá…. Activities…”

Buummmm…. enquanto ainda se encontrava em pé, na porta, uma linda raposa vermelha passa correndo na rua… fica olhando.. impressionando pela velocidade do animal e principalmente pelo tamanho “Humm deve ser muito leve”, sua calda é grande e extensível até a esquina. E o melhor… ela tem várias orelhas. A raposa vem correndo, entra pelo seu jardim, atravessa a entrada da casa e salta sobre o anúncio, tomando-lhe das mãos, antes que Bill pudesse ler sobre os novos recursos do Ynternet Sexplorer 8. Ele se desespera quando ela destroi a janela apresentada na anúncio com granhidos do tipo “ãn ãn ti ti pop upppp”. O animal em seguida invade o domicílio e pesquisa rapidamente todo o ambiente, entra na cozinha, acessa a geladeira e retorna a sala com o resultado da sua consulta.. ela estava com fome.. trazia na boca um grande bolinho de cobertura azul em forma de ‘e’, por fim, como se não bastasse, chama a porta, de repente, um homem ranzinza e de feições duras. Bill se dirige a porta, antes que pudesse falar qualquer coisa o indivíduo se apresenta:



Eles se completam.

“Meu nome é Afundation.. Godzilla Afundation, tenho uma raposa preta, muito rápida, e por isso ela vive entrando na casa das pessoas.. não consigo controla-la.. ela por acaso passou por aqui?”
Bill responde:
“Não.. aqui tem sim alguma coisa parecida.. mas no entanto, não é uma raposa preta… é uma raposa vermelha”
Com um grande sorriso Godzilla retruca:
“Hahahaha.. não se preocupe.. é esta mesmo… ela costuma se adaptar a quem ela se afeiçoa, como os temas do seu ‘Uindous””
Depois dessa explicação tão correlata com seu dia a dia.. Bill entendeu perfeitamente.
Apaixonado pelo animal pergunta:
“Quero compra-la! Quanto quer nela?”
Sorrindo mais uma vez, godzilla responde:
“Pode ficar com essa pra você, são ilimitadas e de graça. Se quiser presentear algum amigo basta ir a minha casa..”

Bill fica fascinado com o presente, agradece o novo conhecido e volta pra dentro de seu lar. Olha fixamente o bicho - ele nem se lembra mais do anúncio que abriu seu dia. E nem do trabalho que precisava ser feito no navegador YES… ele passa agora o resto do dia apenas, brincando, como seu novo amigo, ao qual resolve chamar de Firefox… Godzilla Firefox.


Extraído do "Diário da Nave Linux" em http://www.diariodanavelinux.net/2008/05/primeiro-contato-a-raposa-de-fogo/

domingo, 28 de dezembro de 2008

Feriado e Férias


Tinha até me esquecido como a casa da gente é rivigorante...

Depois de trabalhar praticamente três semanas a fio - direto - incluindo fim de semana, eu já estava até me acostumando a não mais ficar parado. Do nada, então, um feriado de cinco dias! Pego minha clássica carona e venho embora pra Medeiros, Minas Gerais. Uma das pequenas cidades que compõe o circuito da canastra. Nasci aqui, fui criado aqui e amo esse lugar. Francamente não é de fato, um lugar para se viver e trabalhar, no entanto, quando precisa-se descansar e recargar as pilhas não existe um local melhor pra se ir.
Bem, nesse feriado de natal em especial as coisas foram mais calmas que nos últimos anos. Bebi com os amigos da terça desta semana até a data de natal. Mas não sei por quais cargas d`agua resolvi me enfiar dentro do meu quarto dessa data pra cá e ficar somente dormindo, deitado, comendo e ouvindo o som da chuva - que por sinal está a cinco dias caindo sem cessar. Terminei animes que precisava terminar, ouvi cd`s que precisa ouvir, entrei em sites que nunca tinha entrado pela falta de tempo, li as notícias do dia todos os dias, li "Os contos de Beedle, o Bardo" novo e ruim livro da JK Rowling, comi a comidinha da mamãe, joguei Sim City 4 até cansar, toquei violão, aprendi músicas novas e relembrei antigas. Me enrolei no cobertor, coloquei a cabeça no travesseiro, desliguei o celular e, principalmente, dormi muito, dormi muito mesmo.
Agora já é domingo e sei que vou trabalhar na segunda e na terça, no entanto é tão bom lembrar-me que quarta começa todo esse nada outra vez pois é feriado de reveillon. E mais! A partir do dia 12 de Janeiro tiro 10 dias de férias. Como é bão descansar!

sexta-feira, 12 de dezembro de 2008

Links para Engenheiros de Software (experiências com Scrum na GLOBO.com)

LINKS PARA ENGENHEIROS (todos em português)

Como estamos indo com a adoção de Scrum na Globo.com

XP complementa o Scrum

Scrum e CMMI

Introduzindo Agilidade num Ambiente

Programação em Par

Test Driven Development in a nutshell(TDD)

Scrum e XP direto das trincheiras(Livro em PDF)

quinta-feira, 11 de dezembro de 2008

Sem Coragem


Você pediu
Pra que eu fizesse
Um poema
Por você

Como é que eu vou saber
O que você quer me dizer?
Eu quero que você me conte

Assim como eu
Vou lhe contar
Que já não há piscina
Agora é mar

E que eu subi
Poucos degraus
E lá de cima
Do terceiro andar

Olhei pro asfalto
E não me joguei
Subi mais alto
E te encontrei

segunda-feira, 8 de dezembro de 2008

Como se livrar da ansiedade

1- Respire fundo, lenta e compassadamente pelo maior tempo que você for capaz, pois isto ajuda a desacelerar fisiologicamente o cérebro e por conseqüência a mente.

2- Entenda que quando um problema novo se configura a sua frente, a solução não esta na sua mente, não esta no seu pensamento, e sim no fato em si. Quando for possível olhe para o novo, procure entende-lo, aumente as suas informações
e o seu conhecimento sobre ele. Não busque referencias anteriores, pois isto aumentara a sua ansiedade. Se não for possível olhar para o problema (como no exemplo da entrevista) procure não pensar nele, tente distrair a sua mente com outra coisa, brigue com ela para não pensar na entrevista e em suas conseqüências.

3- Aceite a falta de controle, abra mão da prepotência da sua mente e entenda que não somos deuses superpoderosos que tudo podemos controlar. Uma parte de nossa vida tem que entregar a Deus, ao destino a sorte e... Seja o que Deus
quiser...

4- Problemas e novidades se resolvem com ação e não com pensamento, é preciso fazer o melhor que esta a nosso alcance, focado, ligado no real. O que esta além do nosso melhor esforço não podemos controlar.

5- Aceitar a possibilidade de perder, não querer ganhar a qualquer custo, pois isto acelera a mente e aumenta e muito a chance de derrota.

6- Aceite conviver com a insegurança quando ela surgir a sua frente, não queira se livrar dela, não tenha pressa. Quanto mais você aceitar conviver com a insegurança, mais calmamente ela ira embora e mais a sua mente e acalmara. Quanto mais você tentar se livrar dela, mais ela se tornara ansiedade.

7- Não se deixar enganar pela mente. Quando ela ficar buzinando internamente que o pior vai acontecer, usar a palavra mágica: " Seja o que Deus quiser...". " Foda-se..."

sexta-feira, 5 de dezembro de 2008

Easter Egg no WordPress 2.6

Andando por aí fui alertado pelo meu amigo Matheus Bonela, sobre o Easter Egg (também conhecido como ovo de páscoa, para os intímos), presente na versão 2.6 do Wordpress.

Segundo o mesmo, o Easter Egg está relacionado a um dos novos recursos do Wordpress 2.6, a comparação de posts, ou sistema de revisões wiki (sim, de Wikipédia), como é chamada pelos desenvolvedores. O sistema permite que você comprare de diversas formas um mesmo post.

Para ativar a surpresa, você deve selecionar os dois campos de uma mesma versão e clicar em Comparar revisões.

quarta-feira, 3 de dezembro de 2008

Como ganhar em concursos culturais

Procure sempre ler o regulamento da promoção. ( Alguns patrocinadores não aceitam que se use o nome da empresa ou alguma palavra chave nas respostas. ( ex.: o produto que esta sendo sorteado )

Caso não seja proibido o uso de determinadas palavras, tente encaixa-las em sua resposta.
Uma vez vi a resposta de uma promoção que o vencedor conseguiu colocar os prêmios em sua resposta. Era mais ou menos assim :
Pergunta : Por que seu pai é o melhor pai do mundo ?
Resposta : Ele é o melhor pois me faz enxergar mais que 32 polegadas sobre a vida e me deixa lembranças maiores que 8 megapixels.
Os prêmios eram justamente uma TV de LCD de 32'' e uma máquina digital de 8 megapixels. E ela levou a TV de LCD.

Use sempre o português correto. Não abrevie as palavras. Não escreva NAUM, escreva NÃO, escrever assim só é legal no MSN, nas promoções não fica legal e são desclassificadas logo de cara.

Esbanje criatividade. Se no dia que for participar não estiver inspirado, não participe. Só participe se for o último dia para participar da promoção, caso contrário espere sua criatividade aflorar, caso não seja tão criativo, peça ajuda de algum amigo.

quarta-feira, 26 de novembro de 2008

Queria ser o gato!

terça-feira, 25 de novembro de 2008

Procissão de Fé (Fátima Venutti)

Sobre o prato vazio,
A fome debruça,
Insana.

Meus pés descalços
Sangram paredes
No estômago.
Trilho da miséria.

Um ronco corrói
Dignidade
O ácido brota e evapora
No vácuo da miséria.
O veneno da fome
Saliva sem piedade
Sobre o prato vazio

A fome geme
Maculando o pão,
Da palavra,
Da fala,
Do perdão.
De todos nós.

Esquecido na mesa,
Pós vento do tempo
Do prato, hoje o pó.
Da fome, o pó do homem.
Da insanidade,
A liturgia da palavra.

domingo, 23 de novembro de 2008

Google Open Source Jam

ESTE POST FOI ESCRITO POR ATALIBA TEIXEIRA, APENAS O REPUBLICO AQUI:

Estive no dia 20, aqui em BH, no Open Source Code Jam, um evento patrocinado pelo Google ( altamente informal ) para que desenvolvedores e envolvidos com o mundo Open Source[bb], tivessem um modo legal de apresentar trabalhos e sem dúvida, "recrutar" gente para projetos que já existissem ou estivessem em fase de planejamento.

Foi bem interessante, pelo menos para que eu tivesse a chance de conhecer o escritório do Google[bb].

Fomos recebidos pela equipe do Google logo na portaria do prédio, e depois fomos levados a uma sala onde a "reunião" aconteceria.





O primeiro estágio do Code Jam, foi a chegada na sala, onde bebida e comida estavam dispostos a vontade para os participantes. Foi um momento onde todo mundo pode se conhecer e eu, no fim, notei que não conhecia praticamente ninguém.
Como todo bom nerd tímido fiquei mais no meu canto, até me encontrar com outros carinhas e novamente descobrir que TIBAZAR DO ATALIBA em BH é algo totalmente recursivo. Conversando com alguns chegei a conhecer dois ex-colegas de trabalho e dois atuais colegas de trabalho meus.
Ou seja, no fim, o ovo de TI de BH sempre lhe leva a conhecer alguém em qualquer lugar que você vá por aqui.

Durante este processo da chegada, também houve o processo de inscrição dos palestrantes. Ele foi bem simples. Um quadro onde quem quissesse falar, colocava o seu nome e sobre o que iria falar.

Daqui em diante, o evento começou mesmo. Fomos chamados para um local onde nos sentamos e tudo foi iniciado. Quero pedir desculpas por duas coisas. Primeiro, porque não vou citar todos os nomes. Sou péssimo em nomes. Aliás, péssimo é elogio.
É um dos meus grandes defeitos. Guardo os rostos, mas custo a lembrar nomes. Portanto, se esqueci de citar alguém, comente, porque eu vou acabar lembrando de você :-) Mas não é porque não foi legal conhecer, e sim, porque eu sou péssimo nisto mesmo.

Pelo que observei nas apresentações do pessoal do Google, é interessante ver o porque a empresa tem tanta sucesso no que faz. Seus funcionários estão bem, alegres e ainda por cima, são Jedis da Computação[bb] mesmo. Poucas vezes vi tanta gente com idéias interessantes juntos em um lugar ( citando os funcionários do Google que falaram sobre algo que estão envolvidos e/ou fazendo ).

Assim, a maratona começou. De cara, o Barroca falou sobre o EJBCA. O que é isto ? Bom, o EJBCA, é uma estrutura completa para implementação de chave PKI ( e lógico, EJB é Enterprise Java Beans[bb], ou seja, um projeto JavaBAZAR DO ATALIBA ) . Ou seja, um projeto legal que pode ser aplicado em diversos outros projetos por aí.
Não vou entrar em totais detalhes sobre o mesmo, porque, as apresentações eram rapidas para caramba. E, os detalhes ficaram a cargo da pesquisa pessoal de cada um.
De cara, vale a pena conhecer o projeto porque as estruturas de criptografia hoje são importantes para qualquer bom projeto hoje.

Logo após, veio o BGA falar sobre o HAIKU OS. O Haiku OS é uma implementação de um sistema operacional do zero ( ou seja, o código foi construido do zero ) baseado em um antigo sistema operacional chamado BeOS. Este sistema, veio em diversas edições da Geek e eu tive a chance de tê-lo em meu HDBAZAR DO ATALIBA.
O detalhe mais legal, demonstrado durante o evento, é que o Haiku OS, é um sistema operacional totalmente voltado para o usuário. Não, não o conceito tosco de Windows[bb], em que a facilidade está em primeiro plano.





O conceito de voltado totalmente para o usuário é : o sistema nunca está ocupado o bastante para responder um comando do usuário. Ou seja, se você está com um uso alto de CPU e precisar chamar uma janela, ele vai chamar automaticamente. Isto é legal porque o conceito de usabilidade foi levado ao extremo.
Outro ponto legal é o sistema de arquivos. Ele contém atributos extendidos que, pelo menos a meu ver, podem ser entendidos como tags. Ou seja, se eu quero todas as mp3 que são do DeathBAZAR DO ATALIBA Metal[bb] da década de 90, eu vou conseguir filtrar, estejam elas em que lugar do meu hd estiverem.
Um ponto interessante é : busquei endereços, por exemplo. Achei, e quero editá-los direto na interface de busca, eu posso. Além disto, este endereço pode chamar automaticamente qualquer outro programa ligado aquilo, por exemplo, um cliente de email.
Louco ou não, o que tive foi a sensação de um S.O. totalmente amigável, rápido e objetivo para o uso. Vai ser um projeto bem legal, quando estiver com sua versão oficial para baixar.
No site do projeto, já pode ser baixada uma iso para o VMWare[bb], para quem quiser ir brincando com o projeto, antes da sua versão final.





O outro projeto apresentado ( caraca, sintam o poder da minha barriga ali, ao fundo da foto ) , no fim, foram dois. Um é o Scientia Brasil e o outro, o SICAD. Não sei ao certo, porque como todo mundo ficou enchendo a paciência do Ciniro, os dois projetos não são sites.
Os dois são voltados para a área de educaçãobazar do ataliba e pelo que eu entendi, o SICAD é para gerenciamento de "atividades" de docentes dentro de uma instituição. O Scientia Brasil é um tipo de comunidade social voltada para ciência.
Ficaria até legal se o Ciniro viesse aqui e postasse um comentário falando mais sobre os projetos, porque eu sinceramente, apesar de ter conversado pacas com ele, não guardei muita coisa sobre.
Para quem curte projetos educacionais, vale a pena conhecer mesmo :-)

O Lincoln fez uma apresentação altamente nerd. Apresentou um projeto bem interessante ( daqueles que todo bom geek faz em horas vagas ) que é um framework web em C. Sim, queridos amigos, se todas as linguagens estão preparadas para a Web 2.0[bb], o Lincoln provou que o C também está.

Ou seja, ele mostrou o HWF, com uma prova de conceito, só que ao mesmo tempo, não deixou link algum para baixarmos o troco. Mas foi legal ele mostrar o HWF e algumas outras coisas que ele fez, por exemplo, o FreeCRAFT que segundo ele, é um poço maravilhoso de bugs para quem curte programação.
Assim, peço ao Lincoln que deixe os links para eu baixar o HWF pois ele me interessou :-)





O Pablo, core developer do PHPEclipse[bb], falou sobre o mesmo. No fim, o PHPEclipse é um plugin para o eclipse que transforma o Eclipse[bb] em uma IDE de desenvolvimento PHP muito, mas muito legal mesmo.
Fui e sou um feliz usuário do projeto e posso dizer que o Pablo não mentiu em nenhum momento em sua apresentação.
O momento mais legal foi quando ele falou com o Ciniro para deixar de usar o Dreamweaver para usar o PHPEclipse ( aliás, sim, vale bem mais a pena usar o PHPEclipse, que não suja o código tal qual a ferramenta da AdobeBAZAR DO ATALIBA ).

O Guilherme falou do Megalinux. O que é o Megalinux ? Uma distribuição baseada no Ubuntu que é distribuida nos computadores da Megaware.
Estão começando a estruturar a possibilidade de desenvolvedores ajudarem eles e, sem dúvida, vale a pena ajudar este tipo de iniciativa.
O site dos caras está em desenvolvimento e é bom acompanhar, já que é uma distribuição mineira em uma empresa que tem tudo para apoiar legal o Software Livre[bb].

O Robson falou do Curlftpfs, que é um sistema de arquivos que monta um diretório remoto de um ftp, onde você pode utilizar os comandos padrão do Linux de manipulação de sistema de arquivos.
Ou seja, ele usa no fim, a camada fuse do Sistema Operacional, que faz uma camada de abstração para manipulação de sistema de arquivos, retirando do desenvolvedor a necessidade de manipular diretamente o Kernel[bb].
Um projeto legal, bem ao modelo do Gmailfs.

O outro projeto apresentado foi o CMPH, que é de acordo com o autor, uma ótima solução a procura de um bom problema. Porque não vou falar muito ? Porque é coisa de JediBAZAR DO ATALIBA, e um Padawan como eu, tem que pelo menos ler para tentar entender antes de falar alguma coisa.

Cascardo falou como ajudar no Linux, numa apresentação bem legal. O Kov falou sobre o WebKit e GTK+ que parece ser um projeto super interessante. Ou seja, foi informação para caramba em muito pouco tempo.

Ah, e teve uma apresentação do CCNM que foi um caso de uso do Drupal. Caramba, muito, muito legal para mostrar o poder desta ferramenta :-)
Vale a pena pegar a tag osjambr no Twitter e visitar os links citados.

Procurei dar uma geral no evento. Foi legal, valeu a pena e deu para vestir mesmo as sandálias da humilidade e ver que BH tem muito nego bom e no interior também. É bom ir de vez em quando e ficar cercado de tanto Jedi para a gente ver que tem que comer ainda muito feijão com arroz para encontrar a iluminação :-)

No fim, espero mais e mais eventos como este, porque o EMSL já foi para o saco, já que meu chefe vai ser papai esta semana e eu não vou poder me ausentar do trabalho :-) Quem sabe não rola eu estar no sábado por lá :-)

Ah, os albuns de fotos : -)

* http://www.flickr.com/photos/broga/sets/72157609599459533/
* http://codekab.com/fotos/thumbnails.php?album=26
* http://picasaweb.google.com/edu.campos.santos/GoogleJamBH#
* http://picasaweb.google.com.br/mauriciovgsilva/GoogleOpenSourceJam#
* http://picasaweb.google.com.br/wasare/GoogleOpenSourceJamBrazil2008#
* http://www.ataliba.eti.br/album/main.php?g2_itemId=953

Por Ataliba Teixeira. Visível em http://www.ataliba.eti.br/node/1784#comment-7707

quinta-feira, 20 de novembro de 2008

20 DE NOVEMBRO: Meu Aniversário!




20 de Novembro é o 324º dia do ano no calendário gregoriano (325º em anos bissextos). Faltando 41 para acabar o ano eu faço aniversário. Veja algumas curiosidades sobre esta data.

Eventos históricos

* 1459 - Guerra das Rosas: o parlamento de Inglaterra declara Ricardo de York traidor, assim como todos os seus apoiantes.
* 1695 - Zumbi é morto no Quilombo dos Palmares pelas tropas do bandeirante Domingos Jorge Velho.
* 1807 - Guerra Peninsular: tropas de Junot alcançam a fronteira portuguesa.
* 1819 - O navio baleeiro Essex afunda depois do ataque de um cachalote.
* 1849 - Devido ao difícil relacionamento com da Câmara dos Deputados, o rei Vítor Emanuel II decide por sua dissolvição.
* 1910 - Eclode a Revolução Mexicana.
* 1910 - Fundação do Vitória Futebol Clube.
* 1917 - Fundação do clube Portuguesa Santista.
* 1920 - Álvaro de Castro substitui António Joaquim Granjo como primeiro-ministro de Portugal.
* 1947 - A Rainha Isabel II do Reino Unido casa com Filipe Mountbatten, Príncipe da Grécia e Dinamarca.
* 1954 - Sagamihara recebe estatuto de cidade.
* 1959 - Publicada pela ONU a Declaração dos Direitos da Criança.
* 1962 - Fim da Crise dos Mísseis: Kennedy levanta a quarentena em Cuba.
* 1965 - Golpe militar de 1964: Instituição do AC 4 que criou o bipartidarismo no Brasil.
* 1971 - Parte do Elevado Paulo de Frontin, no Rio de Janeiro, desaba matando 48 pessoas.
* 1975 - A morte de Francisco Franco marca o fim da ditadura na Espanha.
* 1985 - Lançamento da primeira versão do sistema operacional Windows.
* 1992 - Um incêndio destrói parte do Palácio de Windsor.
* 1994 - O governo angolano e os rebeldes da UNITA assinam o Protocolo de Lusaka.
* 1998 - Enviado ao espaço o primeiro módulo da Estação Espacial Internacional: o Zarya.
* 2004 - Marta Suplicy decreta feriado dia da Consciência Negra.

Nascimentos

* 1752 - Thomas Chatterton, poeta inglês (m. 1770).
* 1761 - Papa Pio VIII (m. 1830).
* 1825 - António de Serpa Pimentel, político português (m. 1900).
* 1841 - Wilfrid Laurier, sétimo primeiro-ministro do Canadá (m. 1919).
* 1858 - Selma Lagerlöf, escritora sueca (m. 1940).
* 1889 - Edwin Powell Hubble, astrónomo dos Estados Unidos da América.
* 1924 - Benoît Mandelbrot, matemático francês que desenvolveu uma nova classe de objetos matemáticos, os fractais.
* 1926 - Andrzej Wiktor Schally, endocrinologista polonês.
* 1928 - Aloysio Chaves, político e escritor paraense.
* 1946 - Duane Allman, guitarrista estadunidense.
* 1947 - Joe Walsh, guitarrista do grupo The Eagles.
* 1949 - Luís Fernando Guimarães, ator brasileiro.
* 1956 - Bo Derek, atriz estadunidense.
* 1957 - Stefan Bellof, automobilista alemão (m. 1985)
* 1962 - Rui Pinheiro, sociólogo e autarca português.
* 1965 - Yoshiki Hayashi, músico japonês, baterista e pianista da banda X Japan.
* 1965 - Jimmy Vasser, automobilista estadunidense.
* 1972 - Cláudio Heinrich, ator brasileiro.
* 1984 - Ciniro Nametala, Analista de Sistemas.
* 1985 - Juan Cruz Álvarez, automobilista argentino.
* 1986 - Andrew Ranger, automobilista canadense.

Falecimentos

* 1316 - Rei João I de França (nascido cinco dias antes).
* 1695 - Zumbi dos Palmares (n. c.1655).
* 1764 - Christian Goldbach, matemático prussiano (n. 1690).
* 1910 - Liev Tolstói, escritor russo (n. 1828).
* 1934 - Willem de Sitter, matemático, físico e astrônomo neerlandês (n. 1872).
* 1936 - José António Primo de Rivera, político espanhol (n. 1903).
* 1945 - Francis William Aston, químico britânico (n. 1877).
* 1952 - Benedetto Croce, filósofo italiano (n. 1866).
* 1975 - General Franco, político espanhol (n. 1892).
* 1978 - Giorgio de Chirico, pintor italiano (n. 1888).
* 2004 - Celso Furtado, economista brasileiro (n. 1920).
* 2006 - Robert Altman, director de cinema estadunidense (n. 1925).

Feriados e eventos cíclicos

* Aniversário de Auriflama- Cidade do Interior de São Paulo - Brasil.
* Dia da Consciência Negra no Brasil, feriado municipal em algumas cidades do país.
* Dia Universal da Criança - Criado por resolução das Nações com iniciativa da UNICEF.
* Dia Mundial em Memória das Vítimas da Estrada.
* Mitologia africana: Dia de Mawu, deusa suprema criadora de todas as coisas.

quarta-feira, 19 de novembro de 2008

Esqueça o baixaki...

segunda-feira, 17 de novembro de 2008

Convertendo documentos de forma rápida e sem complicação

Na pós-graduação em formato EaD que estou cursando na UFLA encontram-se pessoas de várias partes do país e com várias realidades diferentes. É natural que usemos ferramentas diferentes para produzir nosso trabalhos e documentos. Assim acabo sempre precisando converter um arquivo do OFFICE para um do brOffice, um tipo de vídeo para outro e assim por diante. Uma alternativa rápida é a utilização do "Art of Solving"[1].
Você pode converter online doc para odt, odt para doc e vários outros, como na lista:

* DOC para PDF, DOC para ODT, DOC para RTF
* DOCX para PDF, DOCX para ODT, DOCX para DOC, DOCX para RTF
* XLS para PDF, XLS para ODS, XLS para CSV
* XLSX para PDF, XLSX para ODS, XLSX para CSV
* PPT para PDF, PPT para ODP, PPT para SWF
* PPTX para PDF, PPTX para ODP, PPTX para SWF
* ODT para PDF, ODT para DOC, ODT para RTF
* ODS para PDF, ODS para XLS, ODS para CSV
* ODP para PDF, ODP para PPT, ODP para SWF

Outra solução interessante para o problema é adicionar ao seu Firefox a extensão "Media Converter"[2]. Com ela você pode converter os arquivos diretamente da URL para o seu Hard Disk, usando somente o browser.



[1] - http://www.artofsolving.com/online-document-converter
[2] - https://addons.mozilla.org/pt-BR/firefox/addons/policy/0/8189/35365

quarta-feira, 12 de novembro de 2008

Louie Armstrong canta Super Mario World!

"And i think to myself super mario woooorld..."

sexta-feira, 7 de novembro de 2008

Ao vivo.. de Lavras.... encontro presencial da pós graduação em engenharia de software

No momento, uma extensa e desgastante discussão envolvendo quase 30 pessoas acerca de pontos polêmicos sobre a engenharia de software. Devaneios inevitáveis sobre o eterno paradoxo SL e o 'aculturamento microsofitiano' são chatos e inevitáveis. Depois de passar toda a manhã assistindo uma excelente palestra sobre Requisitos, Análise e Gerência de Configuração estou aqui agora sentado nesta poltrona com sono. Sim, é uma discussão de alto nível, opiniões bem formadas e tudo o mais.. no entanto, é interessante observar que na verdade a aula teria como objetivo a apresentação do trabalho de tradução do swebok para o pt-br. Mas as coisas vão tomando rumos diferenciados e no fim.. estamos nós aqui... discutindo os melhores métodos para arquitetar soluções e processos.
Enfim, legal esse encontro presencial. Gente do país inteiro, várias realidades, várias culturas... e eu aqui, no meio...

sexta-feira, 31 de outubro de 2008

Teste para programadores...

Você é daqueles programadores que rapidamente acha um erro de sintaxe?
Então teste suas habilidades nos desafios abaixo..


Você é capaz de encontrar o C?

OOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOO OOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOO
OOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOO OOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOO
OOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOO OOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOO
OOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOO OOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOO
OOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOO OOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOO
OOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOO OOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOO
OOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOO OOOOOOOOOCOOOOOOOOOOOOOOO
OOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOO OOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOO
OOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOO OOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOO
OOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOO OOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOO
OOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOO OOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOO

Encontre o 6!

9999999999999999999999999999999999
9999999999999999999999999999999999
9999999999999999999999999999999999
9999999999999999999999999999999999
9999999999999999999999999999999999
9999999999999999999999999999999999
9999699999999999999999999999999999
9999999999999999999999999999999999
9999999999999999999999999999999999
9999999999999999999999999999999999
9999999999999999999999999999999999
9999999999999999999999999999999999

Encontre o N! (difícil)

MMMMMMMMMMMMM
MMMMMMMMMMMMM
MMMMMMMMMMMMM
MMMMMMMNMMMMM
MMMMMMMMMMMMM
MMMMMMMMMMMMM
MMMMMMMMMMMMM
MMMMMMMMMMMMM
MMMMMMMMMMMMM
MMMMMMMMMMMMM

Encontre o |

]]]]]]]]]]]]]]] [[[[[[[[[[[[
]]]]]]]]]]]]]]] [[[[[[[[[[[[
]]]]]]]]]]]]]]] [[[[[[[[[[[[
]]]]]]]]]]]]]]] [[[[[[[[[[[[
]]]]]]]]]]]]]]] [[[[[[[[[[[[
]]]]]]]]]]]]]]] [[[[[[[[[[[[
]]]]]]]]]]]]]]] [[[[[[[[[[[[
]]]]]]]]]]]]|]] [[[[[[[[[[[[
]]]]]]]]]]]]]]] [[[[[[[[[[[[
]]]]]]]]]]]]]]] [[[[[[[[[[[[

Agora a letra O

QQQQQQQQQQQQQQQ QQQQQQQQQQQQQ
QQQQQQQQQQQQQQQ QQQQQQQQQQQQQ
QQQQQQQQQQQQQQQ QQQQQQQQQQQQQ
QQQQQQQQQQQQQQQ QQQQQQQQQQQOQ
QQQQQQQQQQQQQQQ QQQQQQQQQQQQQ
QQQQQQQQQQQQQQQ QQQQQQQQQQQQQ
QQQQQQQQQQQQQQQ QQQQQQQQQQQQQ
QQQQQQQQQQQQQQQ QQQQQQQQQQQQQ
QQQQQQQQQQQQQQQ QQQQQQQQQQQQQ
QQQQQQQQQQQQQQQ QQQQQQQQQQQQQ
QQQQQQQQQQQQQQQ QQQQQQQQQQQQQ

Encontre o Z

ŽŽŽŽŽŽŽŽŽŽŽŽŽŽŽŽ ŽŽŽŽŽŽŽŽŽŽŽŽŽŽŽŽŽ
ŽŽŽŽŽŽŽŽŽŽŽŽŽŽŽŽ ŽŽŽŽŽŽŽŽŽŽŽŽŽŽŽŽŽ
ŽŽŽŽŽŽŽŽŽŽŽŽŽŽŽŽ ŽŽŽŽŽŽŽŽŽŽŽŽŽŽŽŽŽ
ŽŽŽŽŽŽŽŽŽŽŽŽŽŽŽŽ ŽŽŽŽŽŽŽŽŽŽŽŽŽŽŽŽŽ
ŽŽŽŽŽŽŽŽŽŽŽŽŽŽŽŽ ŽŽŽŽŽŽŽŽŽŽŽŽŽŽŽŽŽ
ŽŽŽŽŽŽŽŽŽŽŽŽŽŽŽŽ ŽŽŽŽŽŽŽŽŽŽŽŽŽŽŽŽŽ
ŽŽŽŽŽŽŽŽŽŽŽŽŽŽŽŽ ŽŽŽŽŽŽŽŽŽŽŽŽŽŽŽŽŽ
ŽŽŽŽŽZŽŽŽŽŽŽŽŽŽŽ ŽŽŽŽŽŽŽŽŽŽŽŽŽŽŽŽŽ
ŽŽŽŽŽŽŽŽŽŽŽŽŽŽŽŽ ŽŽŽŽŽŽŽŽŽŽŽŽŽŽŽŽŽ
ŽŽŽŽŽŽŽŽŽŽŽŽŽŽŽŽ ŽŽŽŽŽŽŽŽŽŽŽŽŽŽŽŽŽ
ŽŽŽŽŽŽŽŽŽŽŽŽŽŽŽŽ ŽŽŽŽŽŽŽŽŽŽŽŽŽŽŽŽŽ
ŽŽŽŽŽŽŽŽŽŽŽŽŽŽŽŽ ŽŽŽŽŽŽŽŽŽŽŽŽŽŽŽŽŽ

Encontre o 5

SSSSSSSSSSSSSSSS SSSSSSSSSSSSSSSSS
SSSSSSSSSSSSSSSS SSSSSSSSSSSSSSSSS
SSSSSSSSSSSSSSSS SSSSSSSSSSSSSSSSS
SSSSSSSSSSSSSSSS SSSSSSSSSSSSSSSSS
SSSSSSSSSSSSSSSS SSSSSSSSSSSSSSSSS
SSSSSSSSSSSSSSSS SSSSSSSSSSSSSSSSS
SSSSSSSSSSSSSSSS SSSSSSSSSSSSSSSSS
SSSSSSSSSSSSSSSS SSSSSSSSSSSSSSSSS
SSSSSS5SSSSSSSSS SSSSSSSSSSSSSSSSS
SSSSSSSSSSSSSSSS SSSSSSSSSSSSSSSSS
SSSSSSSSSSSSSSSS SSSSSSSSSSSSSSSSS
SSSSSSSSSSSSSSSS SSSSSSSSSSSSSSSSS
SSSSSSSSSSSSSSSS SSSSSSSSSSSSSSSSS

Encontre o i

jljljljljljljljljljlj ljljljljljljlj
ijljljljljljljljljljl jljljljljljljl
jljljljljljljljljljlj ljljljljljljlj
ijljljljljljljliljljl jljljljljljljl
jljljljljljljljljljlj ljljljljljljlj
ijljljljljljljljljljl jljljljljljljl

Encontre o 3

89898989 8989898 98989898
98989898 9898989 89898989
89898989 8939898 98989898
98989898 9898989 89898989
89898989 8989898 98989898

Encontre o 1

LILILILILILILILI
ILILILILILILILIL
LILILILLI1LILILI
ILILILILILILILIL

Encontre o V

xwxwxwxwxwxwxwxwxw
wxwxwxwxwxwxwxwxwx
xwxwxwxwxwxwvwxwxw
wxwxwxwxwxwxwxwxwx

quarta-feira, 29 de outubro de 2008

Burlando a senha do Windows 98, é rídiculo e funciona.

Pessoal achei na internet esse gif que ensina rapidamente e passo a passo como, de forma simplesmente fácil, entrar no Windows 98 quando o mesmo tem senha. Será que o pessoal da Microsoft tem vergonha disso?

(cliquem para ver)

Enfim a Microsoft se pronuncia sobre o Windows 7

sexta-feira, 10 de outubro de 2008

Todo dia uma foto do seu rosto.. durante 10 anos..

Existe maluco pra tudo nesse mundo. E algumas idéias são realmente incríveis e interessantes. Veja o caso de JK Keller, este americano decidiu tirar fotos dele mesmo durante 10 anos de sua vida, todos os dias!
De 1998 a 2008 ele se fotografou. E depois colocou todas as fotos num blog. Todas estão lá.. 365 dias por ano. Cabelo grande, bigode, careca, doente, sadio.. muito legal.. o vídeo a seguir é uma sequencia super-rápida de todas as fotos do trabalho.


Living My Life Faster - 8 years of JK's Daily Photo Project from c71123 on Vimeo.

quinta-feira, 9 de outubro de 2008

Quando você percebe que está virando um blogueiro...







quarta-feira, 8 de outubro de 2008

Utilidade Pública: Como fazer práticas capinhas de CD/DVD com apenas uma folha A4

Cansado das capinhas não-personalizadas do seus cd´s?
Aquelas capinhas de plásticos que ocupam espaço, quebram a beiradinha, ficam sujas com o tempo e tudo o mais?
Cansado daquelas bags imensas onde vc guarda seus cds e todas pesam quilos?
Cansado de comprar um cd/dvd virgem e o menino da loja te entrega o produto
seco e a mostra.. facilmente aranhável?

Bem.. seus problemas acabaram. Acompanhe no genial e simples vídeo a seguir como construir uma prática, barata e rápida forma de criar uma capinha de cd/dvd...




Paper CD Case - video powered by Metacafe


Como usar a sua nota do POSCOMP


Olá a todos!

Tenho falado bastante do POSCOMP aqui no blog ultimamente. Há duas semanas fiz um post comentando sobre a prova de 2008 que fiz. Quem quiser conferir pode clicar neste link.

Então! Consegui fazer apenas 27 pontos em 70, quase 39% de aproveitamento. Particularmente eu considerei a nota muito baixa e por isso fui dar uma espiada na média nacional. Para minha surpresa a mesma estava em 20 pontos, só! Em fóruns que tenho entrado pela internet e discutido, percebo que, muito provavelmente, essa média vai aumentar neste ano. Para chutar, acho que algo entre 25 e 28 pontos.

Bom, prova feita e nota dada. Como eu, muita gente deve estar agora se perguntando como utilizar a pontuação para ingressar em um programa de mestrado ou doutorado nas várias instituições brasileiras que adotaram a nota do exame em seus processos seletivos. (A lista de algumas dessas instituições pode ser conferida neste link)

Fazendo uma sondagem nos sites de algumas das escolas que estão com nome na lista pude perceber que a nota do exame é muito bem aceita. Na verdade, dizer que ela é bem aceita é pouco. A realização do exame é uma tarefa expressamente recomendada aos candidatos em praticamente todas as instituições que adotaram o POSCOMP. A nota em geral é usada como mais um parâmetro de avaliação, aliada aos já conhecidos critérios definidos por currículo, cartas de recomendação, histórico escolar, entrevistas e inglês.

Visando facilitar a vida de quem está procurando um lugar pra fazer mestrado e usar a nota, elaborei uma tabela que mostra como o POSCOMP é utilizado nas principais instituições neste ano. A tabela, claro, não está completa, são 36 instituições listadas na tabela original no site da SBC. No entanto, devem existir outras.

Abraço a todos e sucesso!

Nome
Inscrições
Programas
Modo de Uso
Até 15/10/2008
Mestrado em Ciências de computação(MCC) e
Mestrado em Matemática Computacional(MMC)
A USP aboliu o uso da sua própria prova escrita e usa somente a nota do POSCOMP no seu processo seletivo. Ainda que em casos excepcionais candidatos que não tenham prestado o
exame sejam aceitos, ela exige que para concorrer a uma bolsa institucional
o POSCOMP tenha sido feito obrigatoriamente. Depois de analisadas cartas de recomendação, pré-projeto, histórico escolar, proficiência em inglês e currículo a nota da prova é decisiva. Candidatos a MCC devem ter feito a prova completamente, candidatos a MMC devem apresentar apenas a nota da prova de matemática que compõe o exame.
De 21/10/2008 até 17/11/2008
Mestrado em Ciências da Computação e Doutorado em Ciências da Computação
O site do departamento de pós-graduação em Ciência da Computação da UFMG tem um link especialmente criado para informações sobre o POSCOMP e neste eles recomendam expressamente a realização do exame. O exame avalia cartas de recomendação, currículo com foco em produção científica, histórico escolar, certificado de conclusão de algum tipo de curso de inglês(com pelo menos 60% de aproveitamento), plano de curso (Que leva em conta perfil do candidato X perfil do orientador) e como a USP, sem prova escrita. Somente nota do POSCOMP que aliada ao histórico escolar tem o peso 4, o maior entre os quesitos do processo seletivo.
Até 31/10/2008
Mestrado e Doutorado em Ciência da Computação
Na UNICAMP é necessário até justificar o porque de não ter feito exame no caso do candidato querer concorrer a vaga sem ter feito a prova. Os candidatos são avaliados por vários professores do curso segundo a formação, o histórico escolar, as cartas de recomendação e, claro, a nota do POSCOMP.
De Julho a Outubro
Mestrado e Doutorado em Computação Aplicada
Após exigir currículo, histórico e plano de pesquisa (que deve ser requerido junto ao possível orientador) a página não dá muitos detalhes sobre o uso da nota do POSCOMP, mas apresenta os seguintes dizeres: “A SBC realiza todos os anos a prova POSCOMP. Os candidatos que se inscreverem para o programa de Mestrado em Computação Aplicada (CAP), são fortemente recomendados a fazerem esta prova.”
30/10/2008 a 30/11/2008
Mestrado em Ciênciaa da Computação
O artigo 1 do edital já é muito claro no processo da UFRGS dizendo que é obrigatório o candidato ter feito o POSCOMP. O candidato seleciona uma linha de pesquisa e é avaliado segundo currículo juntamente com histórico, cartas de recomendação,
disponibilidade de capacidade de orientação na linha de pesquisa pretendida,
adequação do perfil dos candidatos aos grupos de pesquisa e nota no POSCOMP. O departamento ainda diz que a “apreciação da nota obtida no POSCOMP por candidatos com formação em graduação em áreas distintas da Ciência da Computação, a Comissão de Pós-Graduação poderá, a seu critério e por recomendação de grupos de pesquisa interessados, considerar apenas um sub-conjunto das questões propostas no exame”. Ou seja, a nota é usada de uma forma ou de outra.
De 18/08/2008 a 30/09/2008
Mestrado em Ciência e Tecnologia da Computação
A UNIFEI utiliza para seu processo seletivo o histórico, currículo lattes, cartas de recomendação e também POSCOMP. A nota da prova aqui, no entanto, tem validade de até dois anos no máximo. O exame nessa instituição é levado muito em consideração. Sendo que é o primeiro quesito a ser avaliado no processo juntamente com currículo, seguido de uma prova interna para os classificados na primeira fase e, na sequência, uma entrevista com uma banca formada por professores do curso.

terça-feira, 30 de setembro de 2008

Quando vou poder usar o teletransporte?


Desde que a roda foi inventada, há mais de 5 mil anos, as pessoas têm criado novas maneiras de viajar mais rápido de um lugar para o outro. A carruagem, a bicicleta, o automóvel, o avião e o foguete foram inventados para diminuir o tempo que se gasta para chegar aos destinos. Mesmo assim, todas essas formas de transporte têm o mesmo defeito e elas requerem que você percorra uma distância física, o que pode levar de alguns minutos a muitas horas, dependendo dos pontos iniciais e finais.

Mas, e se existisse uma maneira de ir da sua casa ao supermercado sem ter que usar um carro ou do seu quintal para a estação espacial internacional sem ter de usar uma espaçonave? Existem cientistas trabalhando neste tipo de viagem. Ela combina propriedades das telecomunicações e dos transportes para criar um sistema chamado teletransporte. Vamos conhecer experimentos que conseguiram teletransportar fótons. E também descobrir como poderemos usar o teletransporte para viajar a qualquer lugar e a qualquer hora.

O que é o teletransporte
O teletransporte envolve a desmaterialização de um objeto em um ponto e o envio das configurações atômicas deste objeto para outra localidade, onde ele será reconstruído. Isso significa que o tempo e o espaço pode ser eliminado na viagem. Podemos nos transportar para qualquer lugar de forma instantânea, sem precisar percorrer uma distância física.

Muitos já conhecem a idéia do teletransporte e de outras tecnologias futuristas através da série de televisão Star Trek (1968-69), baseada em contos escritos por Gene Roddenberry. Os espectadores ficaram maravilhados com as viagens interestelares do Capitão Kirk, Spock e Dr. McCoy, e como eles se teletransportavam pelo universo.

Em 1993, a idéia do teletransporte saiu do campo da ficção científica e entrou para o mundo da possibilidade teórica. O físico Charles Bennett e um grupo de pesquisadores da IBM (em inglês) confirmaram que o teletransporte quântico era possível, mas somente se o objeto transportado fosse destruído. Esta revelação, anunciada em março de 1993 por Bennet, no encontro anual da American Physical Society (em inglês), aconteceu um pouco antes da publicação do relatório das suas descobertas na edição de 29 de março de 1993, da Physical Review Letters (em inglês). Desde aquela época, experiências utilizando fótons mostraram que o teletransporte quântico era, de fato, possível.

Teletransporte: experimentos recentes
Em 1998, físicos do California Institute of Technology (Caltech) (em inglês), junto com dois grupos europeus, transformam as idéias da IBM em realidade ao transportar com sucesso um fóton, uma partícula de energia que carrega luz. O grupo Caltech conseguiu ler a estrutura atômica de um fóton e enviou esta informação em 1 m de cabo coaxial para criar uma réplica deste fóton. Como tinha sido previsto, o fóton original não existia mais depois que a réplica foi feita.

Durante o experimento, o grupo Caltech conseguiu contornar o princípio da incerteza de Heisenberg, a principal barreira para o teletransporte de objetos maiores que um fóton. Este princípio diz que você não pode saber, simultaneamente, o local e a velocidade de uma partícula. Mas se você não sabe a posição da partícula, como pode teletransportá-la? Para teletransportar um fóton sem violar o princípio de Heisenber, os físicos da Caltech utilizaram um fenômeno conhecido como entrelaçamento. No entrelaçamento, pelo menos três fótons são necessários para realizar o teletransporte quântico.

* Fóton A: o fóton a ser teletransportado
* Fóton B: o fóton de transporte
* Fóton C: o fóton entrelaçado com o fóton B

Se os pesquisadores tentassem olhar o fóton A de perto sem o entrelaçamento, eles poderiam provocar uma colisão e, conseqüentemente, modificá-lo. Ao entrelaçar os fótons B e C, os pesquisadores podem extrair informação sobre o fóton A. O restante da informação seria transferida para o fóton B por meio do entrelaçamento e depois para o fóton C. Quando os pesquisadores aplicam a informação do fóton A no fóton C, eles podem criar uma réplica exata do fóton A, porém, este fóton deixa de existir da maneira como existia antes da informação ser enviada para o fóton C.

Em outras palavras, quando o capitão Kirk se teletransporta para um planeta alienígena, uma análise da sua estrutura atômica passa pela sala de transporte para o destino desejado, onde a réplica do Kirk é criada e o original é destruído.

Um experimento de sucesso foi realizado na Universidade Nacional da Austrália, quando os pesquisadores teletransportaram um raio laser.

O mais recente experimento de sucesso em teletransporte ocorreu em 4 de outubro de 2006, no Instituto Niels Bohr, em Copenhagen, Dinamarca. O Dr Eugene Polzik e sua equipe teletransportaram informações armazenadas em um raio laser, em uma nuvem de átomos. De acordo com Polzik: "é um passo adiante, pois pela primeira vez envolveu o teletransporte entre luz e matéria, dois objetos distintos. Um é o portador da informação e o outro é o meio de armazenamento" (CBC). A informação foi teletransportada por 0,5m.

A idéia de criar réplicas e destruir originais ainda não é atrativa para as pessoas, mas o teletransporte quântico pode ajudar a computação quântica. Estes experimentos com os fótons são importantes para o desenvolvimento das redes que distribuem informação quântica. O professor Samuel Braunstein, da universidade de Wales, em Bangor, criou uma rede chamada "internet quântica". Esta tecnologia pode ser usada um dia para construir um computador quântico que tem taxas de transmissão de dados muitas vezes mais rápidas que o computador mais moderno.

Teletransporte de pessoas
Ainda estamos longe do desenvolvimento de uma máquina de teletransporte como a que aparece na série Star Trek. As leis da física podem até impedir que exista um teletransportador que envie uma pessoa, instantaneamente, para outro lugar. Isso precisaria ser feito na velocidade da luz.

Para uma pessoa ser teletransportada, uma máquina teria que ser construída para identificar e analisar todos os 1028 átomos que formam um corpo humano, o que significa mais de um trilhão de átomos. Esta máquina teria que enviar essa informação para outro lugar, onde o corpo da pessoa seria reconstruído com precisão. As moléculas não poderiam estar 1 mm fora do lugar, já que isso poderia deixar a pessoa com graves defeitos neurológicos ou fisiológicos.

Nos episódios de Star Trek (Jornada na estrelas) e nas outras séries que surgiram depois, o teletransporte era feito por uma máquina chamada transportador. Esta máquina era, basicamente, uma plataforma onde ficavam os personagens, enquanto Scotty operava os controles. A máquina analisava cada átomo da pessoa na plataforma e usava uma onda transportadora para transmitir estas moléculas para onde a tripulação quisesse ir. Os telespectadores testemunhavam o Capitão Kirk e sua tripulação desaparecerem e reaparecerem instantamente em um planeta distante.

Se essa máquina existisse, seria improvável que a pessoa transportada fosse realmente "transportada". Funcionaria mais ou menos como uma aparelho de fax. Uma réplica da pessoa apareceria do outro lado da transmissão. Mas o que aconteceria com o original? Uma teoria sugere que o teletransporte deveria combinar clonagem genética com digitalização.

Nesta clonagem biodigital, os tele-viajantes teriam que morrer. Seus corpos e mentes originais deixariam de existir. A sua estrutura atômica seria copiada para outra localidade e a digitalização recriaria as memórias, emoções, esperanças e sonhos dos viajantes. Então eles ainda iriam existir, mas em um novo corpo, com a mesma estrutura atômica do corpo original e programado com a mesma informação.

Como todas as outras tecnologias, os cientistas continuam a melhorar a idéia do teletransporte até que se torne possível utilizá-la sem métodos tão agressivos. Um dia, um dos seus descendentes vai terminar um dia de trabalho num escritório espacial situado a milhões de anos-luz da Terra e falar para o seu relógio de pulso transportá-lo para casa, no planeta X. Quando ele terminar de pronunciar estas palavras, já vai estar sentado à mesa de jantar.

fonte: http://ciencia.hsw.uol.com.br/teletransporte.htm

segunda-feira, 29 de setembro de 2008

De volta ao mundo dos games!


Um dedo! Dois dedos! Três, Quatro! Dois ao mesmo tempo! Três ao mesmo tempo e na sequência mais dois! Tum Tum Tum! Haaa... cãimbra!

Conheci video game com o Master System e Sonic. Joguei muito na casa de uma prima Sonic The Hedgehog, Chapolim e Mogli. Fiquei encantado e viciado com o tal do jogo eletrônico. Foi, de fato, amor a primeira vista. No entanto, tive minha fase de ouro nos video games quando descobri o SNES. Esse console da era 16 bits da Nintendo que, sob o selo da gradiente, foi vendido no Brasil há uns 5-10 anos atrás. Lembro-me bem da locadora perto de casa. Era aficcionado. Gastava TODO o meu dinheiro lá. Até que um dia, ganhei um de presente e posso garantir, esse deve ter sido um dos dias mais felizes da minha vida - lógico que no contexto da época. Me diverti muito com títulos do tipo Ultimate Mortal Kombat 3, Super Mario World, Donkey Kong 3, TopGear, Street Fighter.. e tô citando somente os famosos e pops.. existiam títulos menos conhecidos que eu adorava. Passava horas a fio ligado na tela da TV. Tinha um caderninho onde eu anotava dicas, truques e uma lista de todos os 169 cartuchos que eu já havia finalizado. Lembro-me bem desse número: 169.. é.. eu era bom mesmo :)

Depois entrei na era do Playstation, joguei bastante também.. Castlevania Symphony of The Night é meu título predileto na plataforma 32 bits. Mas também adorava Tekken 3, Need For Speed nos seus primórdios, Tony Hawks Pro Skater, dentre vários outros. Até que aconteceu o rompimento Ciniro - Games. Eu não tinha mais saco pra jogar video games.. não sei o que aconteceu.. acho que os consoles apartir de 64 bits ficaram muito caros, os jogos muito complexos, e principalmente as franquias que antes faziam sucesso e tinham um público cativo (no qual eu me incluia) começaram a ramificar demais seus produtos. Os games de cunho comercial passaram a ir pro mercado visando lucro e não qualidade. Uma série de Mortais Kombat vergonhosa como Mithologs.. Shaolim sei lá o que.. Streets Fighter EX, Alphas, Turbos... e até Marios, Warios, Luigis e Tods 1,2,3,4 Apocalipse, O Retorno! Poxa, os títulos estavam ficando com os nomes grandes, feios e as histórias que acompanhavam os games estavam se deteriorando. É claro que nesse meio tempo muita coisa boa apareceu como o próprio Castlevania que eu já citei e outros como Final Fantasy, GTA e tal.

Enfim. Desgostei do video game. Achei que nunca mais iria voltar a jogar. Até que um dia, resolvo entrar numa locadora, e vejo nada além de um braço de guitarra em movimento, bolinhas coloridas explodindo e um modelo tosco 3D dando uma de vocalista ao fundo. Aquilo era um contrato de novo elo. Eu acabava de ouvir o garoto com o controle na mão dizer: "Que jogo tosco, não funciona. Olha aqui.. (apertando todos os botões) Pem Pam.. Pem Pem.."
Um amigo que já jogava me apresentou: Guitar Hero 2. De cara fiquei fascinado. Que excitação tocar no nível 'fácil' e com o 'baixo'. Viciei de cara. E após alguns poucos dias, estava fritando dos dedos nos botões superiores do joystic do Playstation 2. Jogando no nível 'expert' e solando YYZ do Rush, War Pigs do Black Sabbath, Killing in the Name do RATM e minha predileta (a batidíssima) Sweet Child O´mine do Guns N´Roses.

Tenho muitas preferências egoístas quanto ao game: Só jogo no expert, sou sempre o cara da guitarra, não jogo duetos com pessoas que não dominam o conjunto guitarra-expert e claro.. sou sempre o player 1. Me acho tanto, jogando isso que já tenho rivais. Gosto de desafiar.. sei que existe mais ainda não encontrei quem bata meu recorde em Swwet Child O´mine: 236.000 pontos!
O fato é que, apesar de tanta exaltação, estou enferrujado, joguei muito a um tempo atrás e agora parei um pouco. Tenho feito algumas experiências com títulos para PC como Guitar Rage e Guitar Zero.. ambos são péssimos! Não agradei em nada, fiquei mal acostumado com o original. Joguei recentemente o Guitar Hero III para PC, no entanto, o jogo não funciona bem. Existe uma opção que determina o lag do vídeo e do áudio para se ter idéia...

No mais, é bom estar de volta a frente da TV pra jogar video game, como eu fazia antigamente.

quarta-feira, 24 de setembro de 2008

Provavelmente o vídeo mais engraçado que eu vi em 2008!

Por favor, assistam! Juro que compensa! Não é perca de tempo!

Há uns dois meses atrás, quando eu assisti ao clipe da dança do quadrado eu realmente achei que aquele seria um vídeo insuperável e que eu, provalvemente, não veria nada mais engraçado que aquilo no restante do ano. Para minha surpresa e profunda alegria o 'achismo' não procedeu. Me deparei nesta semana com a coisa mais tosca que eu podia ver em 2008. O clipe é da música 'I wanna love you tender, reparem na qualidade dos dançarinos, na criatividade no trabalho com a única câmera do estúdio e na expressão teatral dos cantores. Muito bom! Bom demais!

Com vocês: O pior clipe do mundo!

terça-feira, 23 de setembro de 2008

O POSCOMP me avalia e eu, agora, avalio o POSCOMP.


Na semana passada, dia 14 de Setembro, a Sociedade Brasileira de Computação (SBC) realizou simultaneamente em todo o país o Exame Nacional de Pós-Graduação em Computação (POSCOMP). Provavelmente a prova técnica coletiva mais complexa, abrangente e exigente do Brasil. Repetindo a fórmula dos anos anteriores e não contrariando as expectativas acerca do nível de dificuldade, a prova mais uma vez se tornou polêmica. Pra quem não sabe, o POSCOMP está a cada ano se tornando mais e mais um artifício de avaliação decisivo nas grandes universidades para avaliar e aprovar alunos em programas de Mestrado e Doutorado. O POSCOMP já é critério único da avaliação escrita em instituições como a USP, Unicamp, INPE e até a nossa mineira UFMG. Eu estava lá marcando presença e pude conferir que todos os comentários, que antes considerava exagero, realmente tem fundamento.

Bem, sai de Medeiros as 4 da manhã de moto, depois de fuscão, em uma viagem de 3 horas chegarmos à Lavras. No campus da UFLA poucas pessoas estavam presentes para realizar o exame. No máximo 30.

O POSCOMP, como nos anos anteriores, traz três cadernos de prova: Tecnologia da Computação, Fundamentos da Computação e Matématica. Com, respectivamente, 15, 40 e 15 questões em formato múltipla escolha cada. A prova de tecnologia foi definitivamente a menos complexa, acho que por tratar de temas mais permeáveis ao mercado e definidos no dia-a-dia do estudante-empregado essa prova se mostrou de mais fácil compreensão e logo, resolução. Temas como banco de dados e engenharia de software deram uma equilibrada no número de questões fáceis com difíceis. No entanto, as questões que tratavam de análise gráfica e processamento de imagens se mostraram muito complexas. A prova de fundamentos, maior é com certeza a mais demorada é o foco do exame. Nesta que, mesmo trazendo questões mais brandas sobre orientação a objetos, linguagens, estrutura de dados, álgebra booleana e circuitos, foi a prova mais complexa do exame. Grafos, matemática computacional, autômatos, arquitetura, IA, sistemas operacionais e compiladores foram os temas mais criticados nos fóruns e discussões pela internet em que participei. A prova de matemática, ao contrário de outros anos, foi a menos debatida. Sempre houveram críticas sobre a dificuldade e aplicabilidade da prova no exame. No entanto, gostei da prova, questões diretas que exigiam mais raciocínio lógico do que fórmulas. Ou seja, uma prova mais adaptada a realidade do 'computês'.

Em geral, o exame, do meu ponto de vista, avalia quase nada da qualidade técnica e realidade dos nossos alunos. Você sai do local de prova se perguntando o que a SBC quer realmente com uma prova tão abrangente em conteúdo e, ao mesmo tempo, tão específica ao se cobrar detalhes minuciosos nos temas cobertos por essa abrangência toda. A prova é sim, muito complexa, mas como em todo exame, existem questões fáceis, médias e difíceis. Após a realização do exame e navegando pela internet é fato que o descontentamento geral dos candidatos existe. Na comunidade 'POSCOMP' do orkut a discussão sobre a prova de 2008 já atinge o número de 150 posts em 5 dias, em geral as pessoas querem ver a média nacional. Nos últimos anos essa média está em torno de 20 acertos para 50 erros, ou seja, apenas 28% de aproveitamento. Um número baixo.

Existe uma polêmica em torno do POSCOMP que diz que essa prova está para se tornar a OAB dos engenheiros de computação, cientistas da computação, tecnólogos em análise e desenvolvimento de sistemas e analistas de sistemas. Para mim, pode até ser que isso venha a acontecer. Eu não sou contra o exame. Apoio e gosto da sistemática gerada. No entanto a prova, sem dúvida, precisa ser revista.

Quanto a logística, neste ano especificadamente, problemas com locais de prova aconteceram e foram avisados apenas por e-mail um dia antes! Não existe também uma ficha de inscrição ou qualquer comprovante confirmando a inscrição.
Por fim, como diz um amigo meu, a sensação que se tem após o exame é que o único, único intuito da SBC com o exame não é criar um critério de avaliação para programas de pós-graduação, e sim, identificar gênios.

PS: Só mais uma coisa, é detalhe.. mas enfim.. a qualidade da logomarca do POSCOMP usada no site da SBC está terrível. Dá uma sensação de amadorismo. Se alguém da SBC ler isto, por favor, aumente os DPI´s da figura. Aliás, mude o site todo.

quarta-feira, 17 de setembro de 2008

Vídeo Pornô Mecha? Não, apenas um scanner de livros.

A primeira vista você não vai saber o que é.. depois repara na forma como essa máquina trabalha estranho.. não, não é um vídeo pornô ´mecha´... essa máquina não é o único mas é o melhor escaneador de livros do mundo, 40 páginas sem estragos ao livro. 40 mil dólares é o preço. Hehehe



quinta-feira, 28 de agosto de 2008

A América existe?


Sempre fui fã de teorias da conspiração. Elas me intrigam e me fazem pensar nas possibilidades do absurdo ser verdade e da verdade ser rídicula. Afinal, o objetivo de uma idéia dessa natureza não é somente confundir a pessoa, mas também, a frustrar e a manter pensativa acerca da palavra 'possibilidade'. Comigo sempre funciona. Funciona tão bem que na verdade, sempre gostei também de inventar as minhas próprias teorias no intuito de criar aquelas polêmicas em roda de amigos.

Uma dessas teorias que sairam da minha cabeça e as vezes discuto com as pessoas é "A América existe ou não?"

Muitos pensariam já de imediato: 'Claro que sim! Que estúpido questionar a existência de um país..."

Mas como toda boa teoria da conspiração, não basta analisar o que as pessoas dizem e o que a mídia apresenta. É necessário questionar mais, observar todas as possibilidades e além disso, ter um pouco menos de fé e confiança.
Assim lhes mostro alguns fatos:
Os EUA, país de mais ou menos 300 milhões de habitantes, que teve sua independencia proclamada no famoso 4 de Julho e tem uma população formada por 84% de euroamericanos se envolve sempre em polêmicas internacionais. Durante toda a história, desde o crack da bolsa em 1929, passando pelas grandes guerras, o 11 de Setembro, até a atual rejeição do tratado de Kyoto, a pseudo-AMÉRICA (pegaram o nome do continente pra eles) tem características que vão além do esteriótipo de líder ou potência. A palavra América passa uma sensação de conceito, de idéia, de modelo. América é padrão para diversos processos de produção, para vários estilos de vida, para o carro que você vai comprar, para a roupa que você vai vestir, para a música que você vai ouvir, para o emprego do capital, para a formalização da empresa que vai ser montada, para o esporte a ser praticado. Repetindo.. a palavra América.. tem conotação de idéia.

E por essa natureza de idéia do país é que sempre me pergunto se, realmente, United States of America não seria somente e, somente mesmo, uma idéia. Digo.. nada mais.. apenas uma idéia.

Contanto que você não tenha viajado para os EUA para provar, quem vai te garantir que o país realmente existe. O vemos na TV, nos jornais, na boca do povo, mas tudo isso pode ser apenas uma idéia criada e difundida por um grupo de pessoas para influenciar e vender, vender, vender. Tudo que ensinam nas escolas foi passado aos professores que aprenderam da mesma forma que você. Fotos são produzidas no photoshop para nos enganar, e as pessoas que pra lá viajam e afirmam que o mesmo existe são apenas agentes do governo infiltrados na sociedade para impor o conceito de América. E assim fazem-nos comprar mais roupas, mais comida enlatada, assistir mais seriados e tudo o mais.

Ás vezes, me pego pensando assim, e confesso: Sinto uma sensação de estar vivendo na época de Galileu quando ele disse que o mundo era redondo quando pensavam que era quadrado, ou no século XV, nos primórdios da expansão marítima européia, quando achavam que o mundo era apenas a Europa, pedaços da África e Ásia.

No fim, sim, eu creio na existência da América, mas é fato que é a idéia vem em detrimento do país. E por essa razão eu gostaria de conhecer o lugar. Não para desfrutar da difundida cultura americana que domina o terceiro mundo, mas enfim.... só pra ter certeza...

terça-feira, 29 de julho de 2008

Seu mapa astral Geek!

Eu nunca fui fã de revistas Capricho, e em especial as odiava mais, por causa dos testes que elas traziam (aliás... trazem! elas ainda existem!). Sempre, sempre, sempre considerei esses testes muito idiotas. Mas nesta última semana me vi impelido a realizar um questionário que me lembrou muito as perguntinhas ridículas dos editores da Capricho. Na verdade, não é um teste para saber se você 'beija bem', ou se você 'vai ter chance com alguém'.. nada disso... é um teste para saber qual seu signo Geek!
O Blog Ócio 2007 sempre traz novidades excêntricas e testes interessantes, mas essa semana ele se superou lançando na internet um pequeno aplicativo Excel que traça seu Mapa Astral Geek!
Interessante, legal, genial!

Meu signo geek é o GIGANTE ESMERALDA, parece nome de carta de Magic, mas na verdade é um tratamento carinhoso ao Hulk, o qual nunca tive grande fascinação.
Meu elemento é água com radiação gama e meu regente é Mago, com tendências a Harry Potter (sempre adorei HP).
O planeta é Cybertron.. um dos planetas do seriado até legalzinho Transformers.. o desenho é mal feito, mas o roteiro é legal.

Enfim.. o teste é interessante. Confesso que, apesar de ter gostado, senti mais prazer em reconhecer os atores envolvidos no resultado do que no próprio ato de realizar o teste.
Segue o link para quem quer fazer:

Ócio 2007 – blog do Office com downloads divertidos > Home ( DNN 3.3.7 ) - HORÓSCOPO GEEK – APLICATIVO E SELO PARA BLOG
Blogged with the Flock Browser

sexta-feira, 4 de julho de 2008

Comentando o artigo "It's not the Gates, it's the bars" de Richard Stallman

Comentário genial do colega de pós-graduação Tony Alexander a cerca do artigo "It's not the Gates, it's the bars", escrito pelo papa e 'xiita' do Software Livre Richard Stallman.

(link para o artigo: http://news.bbc.co.uk/2/hi/technology/7487060.stm)

"Acho que o Stallman somente esquece de uma lei de mercado que serve para qualquer produto: oferta e demanda. Empresas de software apenas venderam e vendem ainda hoje software por que existe quem compra, e por que até há alguns anos não existia nenhum substituto livre a altura. Eu lembro muito bem da primeira vez que ouvi falar em Linux e tal. Foi na faculdade em 99. Naquela época, a Internet engatinhava, pelo menos para os brasileiros. A primeira vez que ouvi falar em Internet foi em 96 +-. E do começo dos anos 80 até o Linux se tornar pelo menos usável, algo que aconteceu a poucos anos, quem forneceu o software que as empresas e pessoas necessitavam, se deu muito bem. É ridículo e inútil ficar gritando para empresas gigantes de software, "Ei, pare de vender software! O software deve ser livre! Abra seu código fonte!", pois elas somente vão fazer isso quando seu mercado começar a diminuir e elas tiverem que mudar seus modelos de negócio, e isto está acontecendo.O problema está na liberade do conhecimento? Se o conhecimento fosse livre, ninguém receberia mais por estudar mais, por ter um título qualquer. Só não imaginemos que não se precisa de conhecimento para se desenvolver um software bom. O engenheiro que estudou 12 anos para se tornar doutor, às vezes ganha muito somente pela responsabilidade de que se algo der errado, existir um culpado. Não diferente de quem escreve um software e vende (falando de uma empresa idônea). A partir do momento que ele assume que desenvolve, que tem os direitos, e que vende, é responsável, assume o risco. Diferentemente do software livre, pois quem assume o risco é o utilizador, não o desenvolvedor. Para muitas empresas não é interessante assumir riscos.O problema é ficar achando que o software livre é bonzinho e o proprietário é o demônio. Quem pensa assim não consegue ver de maneira ampla, só vê as árvores, não a floresta. O software bom é aquele que me dá o melhor custo/benefício. Por incrível que pareça, hoje existem vários radicais promovendo um “apparteid” do software, desfilando seus MacBook Air se gabando que usam software livre e pagando de quem usa proprietário. Só se esquecem que o valor real, (material, físico), do seu MacBook é uma fração do que eles pagaram. O que vale é a marca (maior parte do valor), a tecnologia/conhecimento e a mão-de-obra embutidas. E porque ninguém se revolta quanto a isso? E outra, se fulano quiser pagar por software proprietário, direito dele, azar o dele.Eu tive a oportunidade de assistir a palestra do Stallman na Latinoware, ano passado. Pessoalmente, mesmo seu intuito sendo nobre, ele força a amizade.Eu uso software livre, gosto de compartilhar o que escrevo, mas não por que o SL é bonzinho. Muitos dos desenvolvedores de SL se contentam com a fama, já outros são mais pragmáticos, e sabem que quanto mais compartilharem, mas se beneficiarão. É realmente muito legal ver surgir um software de uma simples discussão técnica, pelo desafio, eu adoro isso. Não levando em conta o custo/benefício do Estado deixar de comprar licenças de softwares que existem na “versão” livre, se alguém quiser vender e alguém estiver disposto a pagar, boa sorte! Eu prefiro gastar na churrascaria!Temos que deixar o preconceito de lado e cantarmos juntos (parafraseando o Tiririca):“Ele usa Windows, mas é meu amigo,“Usa Adobe, mas é meu amigo,“Desenha no Corel, mas é meu amigo,“Ele pode ter MSN, mas é meu amigo”Algumas perguntas retóricas:Ficar rico por enxergar e aproveitar oportunidades é crime?Alguém já foi forçado a comprar algum software na vida?Por que um escritor recebe pela sua imaginação, e isso não é tão ruim assim?A verdadeira liberdade inclui até mesmo a liberdade de se comprar, se quiser."

Minhas Considerações:

Excelente o ponto de vista. Na verdade, é o que eu chamaria de estágio IDEAL, o ponto de vista que todos deveriam ter. Mas, levando-se em consideração o cultural e psíquico amor que usuários tendem a sentir por um software em específico, as vezes fica difícil aplicar essa decisão sempre. No estágio REAL, me percebo em certos momentos, em uma discussão ferrenha defendendo um software ou uma tecnologia apenas por apego, apesar de saber que o certo seria avaliar os custos e benefícios. No entanto, considero natural o comportamento. Numa produção cultural, como software é, naturalmente existe apreço pela obra. Sou fã de Tolkien, sou fã de Cidadão Quem, sou fã de Star Wars, e como outros, mesmo que o software seja técnico demais, sou fã do Office, C# e plataforma .NET.

Gostaria que Stallman lê-se este comentário...
Blogged with the Flock Browser

sexta-feira, 27 de junho de 2008

Os nerds também amam - M

Mais uma sacada genial do Karlisson no seu blog fabuloso: NERDSON!!!
Bela paródia de Eduardo e Mônica do Legião Urbana!
Nerdson não vai à escola » Os nerds também amam (4)
Blogged with the Flock Browser

quarta-feira, 25 de junho de 2008

Telas do Windows 7! Já!?

É bom deixar claro que eu não acredito nisso. Maaaasss tem pipocado na internet imagens do Windows Seven, esses screenshots foram enviado pelo meu grande amigo Bahia, mesmo que eu considere todas as imagens fakes baratos, vale a pena dar uma conferida e tirar suas próprias conclusões


Imagens de como pode ser o Windows Seven, Vienna « Vista eXPerience
Blogged with the Flock Browser

quarta-feira, 11 de junho de 2008

Mais visitas, menos ética

Recente um grande amigo meu fez uma interessantes pesquisa em seu Blog.
Considerando que o Google indexa as páginas da internet sob um algoritmo de relevância que privilegia as páginas através da ocorrência do termo pesquisado, ele inseriu em seu blog uma lista com variadas palavras (de presunto a sexo oral), e monitorou através da ferramenta Google Analitics o comportamento dos visitantes. Usando como parâmetro principal o número de visitantes, ele mostra em suas conclusões que, apesar de um aumento de 64% no número de visitas, desconsiderando-se o post feito, ele obteve uma margem positiva de 18%. Ou seja, crescendo menos sem o tal post, mas mesmo assim, crescendo.
Eu não acho essa a melhor forma de aumentar as visitas em um blog, mesmo por que a taxa de rejeição dos usuários será crescente, visto que, em geral, não vão encontrar o que procuram. Considero que esta não é somente uma forma de enganar o Google, mas também de enganar quem acessa seu blog. Atitude, no meu ver, pouco ética.

O link para o post segue abaixo:

gregoriosidades: Números do blog
Blogged with the Flock Browser