sexta-feira, 16 de maio de 2008

O Jaspion já foi meu professor!

:: O conteúdo abaixo é recomendado somente para maiores de 18 anos ::

O JASPION JÁ FOI MEU PROFESSOR

Acordava de manhã, nem lembrava de escovar os dentes ou pentear cabelo, tinha por volta de uns 8 anos de idade. Como um zumbi se dirigia diretamente a televisão. Sintonizava num aparelho toshiba preto 21 polegadas a programação GLOBO ANOS 90. Depois de uma propaganda esdrúxula, mas incrível pra época, um brilho hipnotizante tomava conta da tela e uma rugido de um mostro envolto em fogo aparecia. Em seguida, juntamente com uma empolgante guitarra, uma voz adolescente sai dos alto
falantes da TV dizendo: "As Aventuras do Fantástico Jaspion"..

Me dá até arrepio lembrar de ícones infantis das manhãs da GLOBO e também das tardes da TV MANCHETE. Jaspion, Jiban, Giraya, Sobrain, Black Kamen Rider, Esquadrão Inspector, Changeman, Flashman, Robocops e muitos outros que me fazem lembrar da época em que eu era um super heroí. Na minha cabeça de criança, bastava acabar de assistir um episódio para pular no sofá, imaginar uma armadura brilhante e sair distribuindo socos e ponta-pés em tudo que era móvel, criança, gato ou cachorro que cruzasse o meu caminho. Perdi a conta de quantos animais tinham medo da minha presença, eu era ameaçador para todos eles!

Enfim.. eu cresci.. eu hoje não me imagino mais com antes, claro! Não sou mais legal daquele jeito.
No entanto, sinto uma grande nostalgia quando vejo a nova geração do chamado 'Metal Hero'. Será que Power Rangers, por exemplo, são tão legais quanto os antigos mascarados?
Recentemente um grande amigo meu: Gregório, postou em seu blog um texto sobre a realidade que é.. assistir hoje em dia, a um capítulo de Power Rangers e saber que realmente é horrível. O mais legal disso tudo é perceber também que, um dia você gostou daquilo.

Como tudo na vida.. as coisas passam.. mas gostaria de saber por que a tv brasileira não investe mais em séries japonesas desse tipo, limitando-se ao americano e 'japanês' Power Ranger. Será que as crianças de hoje gostariam do Antigo "Metal Hero"? Jaspion e seus derivados no meu ver, são formas de educação, criam um excelente paralelo entre o Mostro e o Heroí Salvador. O Mostro com sua cara feia e capturador de criancinhas e o Heroí Salvador com sua pistola laser e motocicleta. Quase como o bandido e o policial.

Para a criança marginalizada, que no máximo tem acesso a.. UMA TV! É difícil separar o bem do mal, uma linha tênue divide policial de bandido, não são filmes sobre tráfico que vão trazer a tona a consciência infantil, é preciso falar na linguagem delas, é preciso passar de forma 'mascarada' a noção de 'isto é bom pra você' e 'isto não é tão bom assim'.

O "Metal Hero" é uma opção.
Uma opção de educação, uma possibilidade de imaginar.


-----------------------
Visite O Diário da Nave Linux e acompanhe meu blog focado em tecnologia.

1 Comentários - :

Lina disse...

Olá Ciniro! Obrigada por visitar (e comentar, é claro) meu blog, que eu mal vejo, mal escrevo, e escrevo mal, por sinal. Concordo plenamente com seu post, falta Jaspion, Changeman, Jiraya, Cavaleiros do Zodiaco e vários outros, na infância de hoje. Importante dar ênfase, que Power Rangers já foi realmente bom, não acho que nós mudamos e passou a ser ruim, e sim com o passar das gerações de PG se desgastou.

P.S. Eu me lembro de vc, talvez já te vi no Cefet há uns 5 anos atrás.

Postar um comentário

Por favor! Comente! Pode ser qualquer coisa!