quarta-feira, 11 de junho de 2008

Mais visitas, menos ética

Recente um grande amigo meu fez uma interessantes pesquisa em seu Blog.
Considerando que o Google indexa as páginas da internet sob um algoritmo de relevância que privilegia as páginas através da ocorrência do termo pesquisado, ele inseriu em seu blog uma lista com variadas palavras (de presunto a sexo oral), e monitorou através da ferramenta Google Analitics o comportamento dos visitantes. Usando como parâmetro principal o número de visitantes, ele mostra em suas conclusões que, apesar de um aumento de 64% no número de visitas, desconsiderando-se o post feito, ele obteve uma margem positiva de 18%. Ou seja, crescendo menos sem o tal post, mas mesmo assim, crescendo.
Eu não acho essa a melhor forma de aumentar as visitas em um blog, mesmo por que a taxa de rejeição dos usuários será crescente, visto que, em geral, não vão encontrar o que procuram. Considero que esta não é somente uma forma de enganar o Google, mas também de enganar quem acessa seu blog. Atitude, no meu ver, pouco ética.

O link para o post segue abaixo:

gregoriosidades: Números do blog
Blogged with the Flock Browser

2 Comentários - :

Gregório disse...

Obviamente, não queria tornar o meu blog mais popular com o post, pois como eu mesmo disse, as pessoas não vão encontrar o que procuraram no meu blog. Qualquer pessoa entende a ironia do título.

O que fiz foi um experimento, pra poder analisar os resultados. Não quero tirar vantagem sobre ninguém, nem ganhar dinheiro com isso. Por isso, não vejo falta de ética.

Afinal, a única pessoa que tem acesso ao número de visitas do blog sou eu...

Ciniro Nametala disse...

Claro que foi uma ironia ué..

Está mais do que claro que isto foi um experimento, inclusive acompanho cada post do seu blog. Ninguém melhor do que eu perceberia isso.
O ping post feito no meu blog (http://ciniro.blogspot.com) condena os blogeiros que se utilizam deste artifício para 'arrebanhar' visitantes, o que obviamente NÃO acontece no Gregoriosidades :)
esclarecido então hehehe

abraço

Postar um comentário

Por favor! Comente! Pode ser qualquer coisa!