terça-feira, 30 de dezembro de 2008

Primeiro Contato: A raposa de fogo

Mais um dia fatídico em Windolândia, Bill é despertado por luzes fortes do seu quarto e um estrondo irrompendo na porta:

“Acorde Felizzzz….. acaba de chegar o novo Ynternet Sexplorer 8 - Com várias novidades - Mais Velocidade, Mais Facilidades, Mais Barato. E agora exibindo certinho o smile do ACID3!!! - Era tudo o que você queria…. o SMILE DO ACID3!!!! Isso sim é navegador! Adquira já o seu!”

Se põe sentado na cama e se sente pesado, cansado, como se tivesse passado toda a madrugada acordado, procurando alguma ferramenta visual para gerar bons relatórios em PHP. Ele se levanta, vai ao banheiro e começa a mesma rotina de sempre.


Eles se completam.

Bill é um proprierráqueo. Proprierráqueo é o gentílico de um planeta denominado Proprieterra. Neste planeta todas as coisas giram em torno do software, em geral, proprietário. Bill trabalha sempre com produtos e pessoas financiadas por este modelo, no entanto, sempre se pergunta: “Por que?” “Por que é assim?”. Sem grandiosas respostas para suas perguntas, ele simplesmente se acomoda, como a maioria dos proprierráqueos e ali continua…. sem muito o que fazer acerca da questão.

Então.. antes de se sentar em frente ao computador para começar o dia, se toca sobre o som que irrompeu em sua porta a alguns instantes. “Saiu o novo Ynternet Sexplorer!”, O vulgo, YES!!!(não se enganem - esse foi um péssimo trocadilho com IE) Bill volta correndo a porta e observa o anúncio em papel deixado debaixo do seu tapete de camurça com dizeres ‘welcome new user!’. Abaixa-se, pega o anúncio e repara principalmente na qualidade da apresentação do documento - “Uau! Realmente foi feito em um laboratório de usabilidade”. Impresso no topo da página: Amarelo, Verde, Azul e Vermelho, cores em uma bandeira que muitos insistem em chamar de ‘janela’, Bill no entanto sabe reconhecer uma bandeira quando vê uma.

Ele, se preocupa tanto com o anúncio pois sabe que, provavelmente, o YES seja a ferramenta que ele mais usa no trabalho e fora dele. Na verdade, ele nunca conheceu até o presente momento nada além do YES, se forçar a memória, lhe ocorrem flashes de um tal Natscapa, Nãotscap, Notscape…. NetScap é isso! Mas realmente ele não se lembra bem do quanto, nos primórdios, era bom esse navegador. Bill resolve conhecer melhor o novo YES e por isso começa a ponderar seus novos recursos:

“Bem.. vamos lá…. Activities…”

Buummmm…. enquanto ainda se encontrava em pé, na porta, uma linda raposa vermelha passa correndo na rua… fica olhando.. impressionando pela velocidade do animal e principalmente pelo tamanho “Humm deve ser muito leve”, sua calda é grande e extensível até a esquina. E o melhor… ela tem várias orelhas. A raposa vem correndo, entra pelo seu jardim, atravessa a entrada da casa e salta sobre o anúncio, tomando-lhe das mãos, antes que Bill pudesse ler sobre os novos recursos do Ynternet Sexplorer 8. Ele se desespera quando ela destroi a janela apresentada na anúncio com granhidos do tipo “ãn ãn ti ti pop upppp”. O animal em seguida invade o domicílio e pesquisa rapidamente todo o ambiente, entra na cozinha, acessa a geladeira e retorna a sala com o resultado da sua consulta.. ela estava com fome.. trazia na boca um grande bolinho de cobertura azul em forma de ‘e’, por fim, como se não bastasse, chama a porta, de repente, um homem ranzinza e de feições duras. Bill se dirige a porta, antes que pudesse falar qualquer coisa o indivíduo se apresenta:



Eles se completam.

“Meu nome é Afundation.. Godzilla Afundation, tenho uma raposa preta, muito rápida, e por isso ela vive entrando na casa das pessoas.. não consigo controla-la.. ela por acaso passou por aqui?”
Bill responde:
“Não.. aqui tem sim alguma coisa parecida.. mas no entanto, não é uma raposa preta… é uma raposa vermelha”
Com um grande sorriso Godzilla retruca:
“Hahahaha.. não se preocupe.. é esta mesmo… ela costuma se adaptar a quem ela se afeiçoa, como os temas do seu ‘Uindous””
Depois dessa explicação tão correlata com seu dia a dia.. Bill entendeu perfeitamente.
Apaixonado pelo animal pergunta:
“Quero compra-la! Quanto quer nela?”
Sorrindo mais uma vez, godzilla responde:
“Pode ficar com essa pra você, são ilimitadas e de graça. Se quiser presentear algum amigo basta ir a minha casa..”

Bill fica fascinado com o presente, agradece o novo conhecido e volta pra dentro de seu lar. Olha fixamente o bicho - ele nem se lembra mais do anúncio que abriu seu dia. E nem do trabalho que precisava ser feito no navegador YES… ele passa agora o resto do dia apenas, brincando, como seu novo amigo, ao qual resolve chamar de Firefox… Godzilla Firefox.


Extraído do "Diário da Nave Linux" em http://www.diariodanavelinux.net/2008/05/primeiro-contato-a-raposa-de-fogo/

0 Comentários - :

Postar um comentário

Por favor! Comente! Pode ser qualquer coisa!