segunda-feira, 28 de novembro de 2016

10 ferramentas pra quem gosta de ver as coisas de um ponto de vista mais numérico

Ciniro Nametala - Escrito na tarde de 28 de Novembro de 2016 em Belo Horizonte, Minas Gerais.



Eu havia visto uma lista com diversas ferramentas que se utilizavam de dados abertos do governo federal (dados.gov.br) para fazer análises estatísticas interessantes em vários segmentos. Depois de conferir todas as fontes e separar as que funcionavam, incrementei com mais algumas outras ferramentas com a mesma proposta que conhecia e elaborei a lista abaixo. São 10 sites, apps, ferramentas (chame como quiser) muito bacanas pra quem gosta de ver as coisas de um ponto de vista mais numérico. Aproveitem!




1) DataViva: Maior plataforma de visualização de dados sociais e econômicos do Brasil. Muito legal para levantar dados, exportar datasets, fazer análises e comparações sobre diversos segmentos.

2) Observatório do investimento: Projeto desenvolvido pelos alunos do DCC/UFMG para monitorar sites de notícias e mídias sociais e levantar dados relevantes que denotam o humor dos mercados.

3) Para onde foi o meu dinheiro: Demonstra de uma forma gráfica e interativa como o orçamento foi executado, na esfera federal e no estado de São Paulo. O aplicativo permite ver a distribuição dos investimentos do governo em suas áreas temáticas como educação, saúde, assistência social, trabalho etc.

4) Aeroportos Brasil: Este é um aplicativo que mostra o movimento de aeronaves e passageiros nos aeroportos administrados pela Infraero. Em aeronaves, estão computados pousos e decolagens. Em passageiros, embarques e desembarques.

5) Probabilidades no futebol: Blog de 5 professores da UFMG que calculam as probabilidades para diversos campeonatos de futebol do Brasil e do mundo. Em breve eles lançarão uma plataforma similar para a Fórmula 1. 

6) Reclamação Procon: Aplicativo que traz informações com visualização simplificada e bem elaborada, incluindo gráficos e figuras, e exibe apenas os principais dados na página inicial de cada empresa, permitindo especificar as reclamações por sexo ou por atendidas/não-atendidas.

7) Radar parlamentar: Análise matemática sobre os dados de votações de projetos de lei na câmara para determinar as “semelhanças” entre partidos na atuação parlamentar. Essas semelhanças são apresentadas em um gráfico bi-dimensional, em que círculos representam partidos e a distância entre esses círculos representam o quão parecido esses partidos votam. Esse “quadro” com os círculos representando os partidos pode ser tomado para uma dada janela de tempo, então é feita uma animação com a “movimentação” dos partidos ao longo do tempo.

8) Basômetro: O Basômetro é uma ferramenta interativa que permite medir o apoio dos parlamentares ao governo e acompanhar como eles se posicionaram nas votações legislativas. Cada um é representado por uma bolinha com a cor do partido. Quanto mais próxima ela está do governo (no alto), maior é a taxa de governismo.

9) Observatório do Plano Nacional de Educação: O Plano Nacional de Educação (PNE) é uma lei ordinária com vigência de dez anos a partir de 26/06/2014, prevista no artigo 214 da Constituição Federal. Ele estabelece diretrizes, metas e estratégias de concretização no campo da Educação. Municípios e unidades da federação devem ter seus planos de Educação aprovados em consonância com o PNE. Você pode acompanhar tudo por este site além de ver quais metas foram atingidas e quais não.

10) Empresômetro: Site que traz estatísticas interessantes sobre a distribuição dos estabelecimentos empresariais no Brasil.